O que muda no seu corpo quando você está em um palco prestes a fazer um show? Como fazer ver uma multidão? O que seria um cover de si? Como construir um corpo/boca?

 

A partir dessas questões e através de procedimentos cênicos, o Grupo VÃO faz um convite à ficção, à perceber com precisão o presente e ao delirio coletivo. Ao som de muita música pop, também serão propostas diferentes abordagens de dublagens como caminhos para intensificar a experiência. “Modos de ficção” também é uma maneira de compartilhar a pesquisa e as práticas relacionadas aos processos de criação do espetáculo Move Cover e da performance No hay banda é tudo playback, que tem como referência a girlband Spice Girls e o universo cultural dos anos 90.

Oficina
 
Modos
  de Ficção