Atos Urbanos

O projeto Atos Urbanos foi uma proposta de diálogo entre diferentes linguagens artísticas a partir da experiência de intervenções realizadas em espaços públicos de Campinas.

Reconhecendo o cotidiano urbano como contexto de expressão e tema para a composição dramatúrgica de uma obra artística, oito intervenções urbanas foram criadas pelo grupo interessado em investigar a força das ações realizadas em coletivo e possíveis relações entre corpo e cidade, deslocando as situações e o tempo de seus ritmos habituais.

As ações ocorreram em diferentes locais da cidade e foram base de estudo para a posterior criação do espetáculo bando, uma obra interlinguagem de dança, vídeo e fotografia que teve sua temporada em 2012 no Museu da Imagem e do Som de Campinas, no Museu de Arte Contemporânea de Campinas e na Casa do Lago na Unicamp.

Como um desdobramento do Projeto Atos Urbanos, em 2012 “Tempo lento”, “Faixas” e “Pão”  passaram a compor a ação Quatro Horas e Meia. A série de três intervenções foi realizada na Virada Cultural de Santos em 2012, na programação de dança do Sesc Presidente Prudente em 2013 e do Sesc Campinas em 2014.